×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63

Beja

Município de Beja assume a diferença dos custos da remoção de amianto das escolas

Município de Beja assume a diferença dos custos da remoção de amianto das escolas Foto: Ambiente Magazine
Regional Escrito por  22 Ago. 2020

O presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, refere que “na sequência do protocolo assinado com o governo no passado dia 28/07 para remoção do amianto das escolas que ainda tenham coberturas com o mesmo, calcula-se que as intervenções tenham em Beja um custo de cerca de € 462.000,00, sendo financiadas a fundo perdido em € 375.000,00”.

O autarca afirma assim que “a CM Beja assumirá a diferença”.

Esta diferença “decorre de zonas de clarabóia e de terraço, num total de 420 m², existentes nas Escolas Básicas Mário Beirão e de Santiago Maior que, não tendo fibrocimento, não são financiadas, mas que também substituiremos por telhado em "sandwich" de 5 cms de forma a que as coberturas fiquem totalmente uniformes”.

Segundo Paulo Arsénio “as adjudicações deverão ficar concluídas, depois de concurso, até 31/10/2020, e a CM Beja prevê que as substituições das coberturas nos dois estabelecimentos escolares devam ocorrer no Verão (na paragem das "férias grandes") de 2021”.

Na globalidade vão ser substituídos 3.450 m² de cobertura na Escola Básica Mário Beirão e 3.100 m² na Escola Básica de Santiago Maior.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31