Imprimir esta página

Odemira

Município de Odemira e GNR celebram contratos de comodato para alojamento de militares!

Regional Escrito por  23 Set. 2022

 

O Município de Odemira e a Guarda Nacional Republicana celebraram contratos de comodato para alojamento de militares que constituem os efetivos dos Postos Territoriais de Odemira e de Sabóia, do Destacamento Territorial de Odemira, com o objetivo de garantir todos os meios e condições para a continuidade da GNR no território.

Os contratos de comodato foram assinados pelo Presidente da Câmara Municipal de Odemira, Hélder Guerreiro, e o Comandante do Comando Territorial de Beja da GNR, o Coronel Frederico Galvão da Silva, em cerimónia que decorreu no dia 21 de setembro, nos Paços do Concelho de Odemira.

O Município vem desenvolvendo um conjunto de reuniões e contactos com os representantes da Guarda Nacional Republicana (GNR), quer a nível local, regional e nacional, com vista ao reforço dos meios de segurança existentes no concelho. Nas referidas reuniões foi comunicado pelos representantes da GNR que os Postos Territoriais de Odemira e de Sabóia não têm capacidade de alojamento para o efetivo que ali presta serviço. Neste sentido, e no âmbito da boa colaboração entre entidades, com vista à resolução desta situação o Município cede duas habitações municipais, localizadas em Odemira e Sabóia, em regime de comodato, que ficarão adstritas exclusivamente ao Destacamento Territorial de Odemira, pelo prazo de cinco anos, renováveis automaticamente por iguais períodos.

Ainda neste âmbito de colaboração institucional, o Município de Odemira, em conjunto com as Juntas de Freguesia, está a apoiar a GNR na reabilitação geral dos Postos Territoriais de São Teotónio, Sabóia, Colos e São Luís.

O programa de governação “Odemira 21_25” do Município de Odemira, vertido no documento referente aos “Objetivos Estratégicos – 2022”, prevê no seu conjunto de ações a “promoção da qualidade de vida para todos” e o desenvolvimento da proposta de “política de proximidade”, através da qual se pretende fomentar o sentimento de bem-estar nos espaços públicos, com especial enfoque para as questões como higiene, segurança e acesso para todos. Neste sentido, é uma preocupação e determinação do Executivo Municipal contribuir para a continuação da presença dos meios humanos da GNR no território e em particular no interior do concelho.