04 Mar. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Vendas Novas

Município de Vendas Novas apoia e disponibiliza meios para combater surto de covid19 no Lar da Casa do Povo

Município de Vendas Novas apoia e disponibiliza meios para combater surto de covid19 no Lar da Casa do Povo Município de Vendas Novas
Regional 19 Jan. 2021

 

O Município de Vendas Novas, através da sua página oficial de facebook, deu hoje conta que "o surgimento de um surto de COVID-19 numa estrutura residencial para idosos é uma preocupação para a toda uma comunidade. Importa desde a primeira hora, desbloquear todas as ajudas e apoios que se possam concretizar, quer através de entidades locais, quer nacionais, para que a situação seja controlada o mais cedo possível."

"Em Vendas Novas, com a confirmação de um surto no Lar Nossa Senhora da Saúde da Casa do Povo, não houve tempo a perder por parte do Município,que tem estado no terreno a acompanhar a situação, apoiando a Direção e a equipa de enfermagem nos processos de decisão, mobilizando meios para a contenção da situação e dando resposta às várias solicitações", refere a autarquia.

Na altura mais crítica, informa o Município, "ajudou a criar zonas para utentes negativos, positivos e suspeitos dentro do Lar; forneceu desinfetante e fatos completos de proteção individual (em articulação com o Lar Quinta do Mestre) e disponibilizou funcionários do Município para a realização de tarefas e de alguns turnos " assim como "tem estado em articulação constante com a Segurança Social e o Centro de Saúde e com a Diretora Técnica especializada em gestão em crise, que desbloqueou uma equipa de intervenção pronta a dar resposta ao surto."

Para essa mesma equipa externa tratou do local e condições de alojamento e, através de voluntários, funcionários e do executivo municipal, certifica-se que chegam até eles as refeições diárias. Para os utentes e funcionários do Lar, contactou Santa Casa da Misericórdia, que tem assegurado as refeições.

A recolha dos resíduos contaminados acumulados tem sido também um assunto tratado com todo o cuidado pelo Município, contratando uma empresa especializada para fazer este serviço, no valor de cerca de 6 mil euros.

Segundo o Município, "felizmente a situação está agora mais controlada, resultado da dedicação da sua direção, funcionários, equipa externa, brigada de intervenção da Cruz Vermelha, voluntários do projeto Portugal COmVIDas, voluntários locais e de várias as instituições que se prontificaram a ajudar, criando-se uma rede de sinergias, só possível graças à solidariedade e disponibilidade de muitos. Têm sido incansáveis, por isso, o Município quer deixar, uma vez mais, o reconhecimento e sentido agradecimento a todas elas. Graças a vocês somos agora uma comunidade mais resiliente."

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Março 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31