“Não basta ser património mundial, há que levar Elvas por este mundo e este festival é exemplo disso” diz Presidente da CM de Elvas (c/ som)

Regional Escrito por  Ana Rocha (Texto) / Edgar Correia (Foto e Som) 26 Ago. 2022

A 34.ª edição do APLEC Internacional começa hoje e vai decorrer até domingo, dia 28 de agosto, na cidade de Elvas, numa verdadeira manifestação da cultura catalã em Portugal.

O festival começou hoje, pelas 18h00, no Cineteatro de Elvas, com a receção institucional à Catalunha e aos grupos participantes, e que conta com a presença do presidente da Câmara Municipal de Elvas, comendador José Rondão Almeida, a consellera da Ação Externa do Governo da Catalunha, Victòria Alsina e o Delegado do Governo da Catalunha em Portugal, Rui Reis.

A Rádio campanário esteve presente e falou com Rondão de Almeida, Presidente da CM de Elvas, que começou por nos referir “durante 4 dias vamos ter a cultura catalã em Elvas com a representação de 34 associações com cerca de 700 artistas acompanhados das suas famílias.

Para o Autarca “durante este resto de semana Elvas vai ver em grande aquilo que é a cultura Catalã conjuntamente com aquilo que é a cultura da nossa região uma vez que os nossos grupos de música tradicional portuguesa também vão estar presentes.”

Rondão de Almeida sublinha a responsabilidade que a cidade tem pelo facto de ser Património da Unesco “Elvas tem uma responsabilidade: não foi só em 2012 assumir o nome de património da humanidade, há que levar o nome de Elvas por este mundo fora” realçando que “em Portugal Elvas já é reconhecida pois os elvenses e os nossos vizinhos também já entenderam que aqui se passam grandes momentos que mostram aquilo que é a nossa cultura alentejana e é essa a nossa obrigação.

O Edil aconselha a que “todas as outras cidades património mundial comecem a fazer esta ligação com a Catalunha ou outras” dando ainda a conhecer algumas das geminações feitas recentemente pelo Município.

Queremos levar Elvas muito mais longe” e para isso identifica como muito importante “trabalhar em rede” salientando que se não o conseguirem fazer “ficamos a falar sozinhos e a nossa filosofia é não nos metermos na nossa casca” concluiu o Presidente da CM de Elvas.

Do programa de hoje consta, pelas 22h00 desta sexta-feira acontece, na Praça da República, a sessão de boas-vindas do 34.º Aplec.

Para amanhã, pelas 11h00, está agendado o "grande" desfile popular do Aplec. À chegada à Praça da República acontecerá um baile final com todos os grupos e, entre as 12h00 e as 14h00, o momento será dedicado à degustação de produtos tipicamente catalães. Às 22h30 acontece a noite do fogo, na Praça da República.

No domingo, último dia do Festival, destaque para um Baile de sardanas, na Praça da República. Também no mesmo local, mas às 12h00, acontecerá uma amostra de falcões, danças de procissão e baile de bastões. O Aplec internacional termina, pelas 21h00, com a participação de todos os grupos na Praça da República.

O programa completo pode ser acedido aqui.

Este festival é organizado em parceria entre o Município de Elvas e a ADIFOLK.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31