Imprimir esta página

Bencatel

“Não foi o caminho desejável mas foi o possível para resolver o problema da população de Bencatel” diz Inácio Esperança(c/som)

Regional 13 Jan. 2022

Conforme noticiado anteriormente pela Rádio Campanário (RC), a Agência de Bencatel da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Alentejo Central irá encerrar ao público amanhã, dia 14 de janeiro de 2022.

Como forma de reduzir os constrangimentos causados à população com este encerramento, a instituição bancária manifestou desde o início a intenção de doar uma viatura à Junta de freguesia de Bencatel, viatura essa que servirá para minimizar o impacto do encerramento da Agência junto dos clientes com menos mobilidade.

Assim, decorreu esta tarde, nas instalações da Junta de Freguesia de Bencatel a entrega dessa viatura, uma cerimónia onde esteve presente o Vice-Presidente da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Alentejo Central, Francisco Ferro, assim como outros representantes do banco, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Inácio Esperança e Alexandre Alferes, Tesoureiro da Junta de Freguesia de Bencatel.

A Rádio Campanário esteve presente e falou com Inácio Esperança, Presidente da Autarquia Calipolense que, a este propósito nos referiu “o envolvimento do Município em todo este processo teve sempre o intuito de salvaguardar o interesse dos munícipes de Bencatel e, no fundo, a qualidade de vida das pessoas que aqui vivem.”

O Autarca realçou “quando a Caixa Agrícola nos comunicou o encerramento da agência, e não tinha que o fazer, ficámos obviamente agradados pela atitude de nos consultarem visto que já outras entidades bancárias encerraram em Vila Viçosa e não nos comunicaram nem tiveram a amabilidade de reunir connosco.”

Ainda assim, como refere “manifestámos imediatamente contra esta situação e tentámos ajudar, propondo inclusive o pagamento de um funcionário dentro do enquadramento legal que fosse possível ou até o pagamento da renda da própria agência.”

Não tendo sido manifestada adesão à intenção da Câmara Municipal de Vila Viçosa “respeitamos a decisão de uma empresa privada” acrescenta o edil adiantando que “apelei a que falassem com a Junta de freguesia de Bencatel e que tentassem encontrar forma de minimizar a questão das pessoas e a dificuldade que elas iam sentir, sugerindo que o serviço de multibanco se mantivesse e que se arranjasse uma carrinha por forma a poder transportar as pessoas até à Agência de Vila Viçosa.”

Estas duas sugestões foram aceites, tal como refere Inácio Esperança e foi tomada a decisão de “oferecer uma carrinha à Junta de Freguesia de Bencatel e de instalar gratuitamente o serviço de multibanco sem uma mensalidade para a Freguesia.”

Para o Presidente da Câmara de Vila Viçosa “é um caminho, não é o caminho desejável, mas foi o caminho possível” salientando ainda “espero que a Junta de Freguesia e a Câmara Municipal está disponível para ajudar, consiga e consigamos em conjunto, ajudar as pessoas a solucionar os seus problemas e a ter uma melhor qualidade de vida pois é isso que se pretende.”

Se assim for “ganhámos uma batalha de uma guerra que perdemos pois queríamos manter cá a agência mas não conseguimos pelo que minimizar os prejuízos e valorizar a qualidade de vida das pessoas é o mais importante e penso que conseguimos isso.”