08 Fev. 2023
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Vila Vicosa

EXCLUSIVO RC

“O acidente da Estrada de Borba obriga-nos a reforçar a segurança mas não a matar o setor” diz Presidente do PSD Luís Montenegro(c/som e fotos)

Regional Escrito por  11 Out. 2022

 

O Presidente do PSD,Luís Montenegro, está por estes dias de visita ao distrito de Évora para 4 dias com passagem pelos concelhos e com uma vasta agenda de encontros e reuniões programada.

Esta manhã esteve reunido com empresários numa encontro que decorreu no Hotel Mármoris em Vila Viçosa e onde foram debatidos vários assuntos relacionados nomeadamente com o setor do mármores e que trazem preocupações a estes empresários.

A Rádio Campanário falou com o Presidente do PSD, Luís Montenegro, que em declarações à Rádio Campanário começou por nos referir “foi muito interessante esta conversa e encontro com os empresários “ acrescentando “ouvi coisas que não fazia ideia que estavam a acontecer”.

Relativamente ao setor dos mármores “acho que é um erro o que estamos a fazer em Portugal a estigmatizar esta atividade económica” sublinhando que “sabemos que o acidente da estrada de Borba marcou indelevelmente esta atividade mas isso deve obrigar-nos a reforçar os mecanismos de segurança e não a matar o setor .”

Para o Presidente do PSD “ o importante é poder contribuir na valorização desta atividade económica, o aproveitamento dos nossos recursos naturais , a criação de emprego e a manutenção de um produto de excelência e qualidade e a marca que tem muito potencial para ser desenvolvida no futuro.”

Luís Montenegro realça igualmente “o trabalho conjunto é importante e a cm de vila viçosa está a fazê-lo juntamente com os empresários e associações empresariais devem unir esforços para sensibilizar o poder político a poderem ajudar os constrangimentos existentes, nomeadamente ao nível do licenciamento, manutenção das atividades, alterações legislativas, energia, mão de obra.”

Luís Montenegro considera que a reunião “foi muito produtiva onde pude recolher informação que dificilmente teria se cá não tivesse vindo.”

No que diz respeito às medidas implementadas pelo governo após o acidente da estrada de Borba, Luís Montenegro destaca “acho que tem que haver um equilíbrio , é evidente que o poder político não podia ficar indiferente perante uma tragédia daquela dimensão ao nível da fiscalização e legislação.”

Para o Presidente do PSD “Infelizmente passar do 8 ao 80 é uma característica dos portugueses, o problema é irmos a correr , à pressa, mudar tudo só porque aconteceu uma tragédia."

"Todos temos que colaborar para evitar novas tragédias mas isso não significa que se vá matar uma atividade” acrescentou garantindo “que é preciso garantir que haja segurança e tem que ser um ponto de equilíbrio.”

Já quanto à lei das reformas antecipadas que retirou inúmeros trabalhadores do setor, o Presidente Social Democrata sublinha “há uma situação de paralelismo entre o setor das pedreiras e o mineiro que me parece excessiva.” Ainda assim acrescenta “eu sou pragmático pois não me parece que seja reversível, foi um direito adquirido.”

Relativamente aos assuntos abordados neste encontro, Luís Montenegro garante que não vão cair no esquecimento ainda que o PSD não posa tomar decisões pois não é governação, irá contudo “ apresentar propostas e fazer pressão para que o decisor decida e decida bem.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28