O corpo de segurança da maternidade do hospital de Évora ficou mais pobre com a partida de um dos seus ex-profissionais

O corpo de segurança da maternidade do hospital de Évora ficou mais pobre com a partida de um dos seus ex-profissionais https://www.facebook.com/photo?fbid=5269497219732832&set=a.466365356712733
Regional 02 Nov. 2021

O corpo de segurança do hospital de Évora ficou hoje mais pobre com a partida de um dos seus ex-profissionais.

Ao que a Rádio Campanário apurou terá sido de enfarte a causa da morte súbita ao final do dia de hoje, do segurança Paulo.

Desempenhou durante muitos anos a missão de segurança na maternidade do Hospital de Évora, e era conhecido por muitos como uma pessoa afável e sempre pronta a ajudar.

Nos últimos anos trabalhava numa agência em Évora, mas ficará para sempre associado a este serviço do Hospital do Espírito Santo em Évora.

Nas redes sociais circulam  já muitos votos de pesar e de incredulidade com o sucedido. 

"Foste sempre a pessoa certa no local certo. Duma ponta à outra do nosso Alentejo choram hoje a partida de alguém com um coração enorme, e todas estas manifestações só podem comprovar isso mesmo.", escreveu sobre o Paulo Valter Espiguinha.

Foto - Facebook (Valter Espiguinha)

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31