18 Jan. 2022
 
Terço
19:30-20:00

Borba

“O Enoturismo é uma âncora para o desenvolvimento regional e no Alentejo há excelentes ofertas no setor” diz Francisco Mateus da CVRA(c/som)

Regional 11 Nov. 2021

Foi ontem inaugurada mais uma edição da Festa da Vinha e do Vinho, em Borba. Há mais de 25 anos que se celebra a Festa da Vinha e do Vinho, de Borba, trazendo à cidade centenas de visitantes durante os dias do certame.

 O certame deste ano contou na inauguração com a presença do Presidente da Comissão Vitivinícola da Região Alentejana (CVRA), Eng. Francisco Mateus.

A Rádio Campanário acompanhou a cerimónia de inauguração desta festa tão importante para o setor dos vinhos e falou com o responsável para CVRA que começou por nos referir “estamos todos gradualmente a voltar a uma circunstância que permite a realização de eventos e a nossa presença nestas atividades” acrescentando contudo que este “é um ano de transição esperando que 2022 seja um ano de retoma efetiva.”

Relativamente à Festa da Vinha e do Vinho considera “foi muito bom a Câmara manter a organização do evento este ano, ainda que num modelo mais reduzido, mas é um sinal claro de que a festa está cá, continua, as pessoas podem e devem vir a Borba conhecer os vinhos, as castanhas, os enchidos, passear pela vila e aproveitarem, por exemplo, para passarem um fim de semana no Alentejo.” Para o responsável desta Comissão este é um sinal claro de que “Borba e o Alentejo estão vivos”.

Francisco Mateus sublinhou ainda “nós este ano vamos ter um ano com uma produção bastante elevada o que significa que em 2022 vamos ter uma grande capacidade de venda, sendo por isso um desafio para os produtores.”

 A última vindima, refere, “foi de excelente qualidade e portanto temos volume e temos qualidade.” Ainda assim ressalva “a nossa arte vai ser vender esse vinho a bom preço” contudo não vê que o Alentejo “seja uma região para se limitar a ter de preço mais económico e este é o grande desafio: levar o vinho ao consumidor e fazer com que este pague o justo calor por ele e por todo o trabalho desenvolvido.”

O Presidente da Comissão Vitivínicola Alentejana considera que o vinho serve igualmente de impulso para outros setores de negócio no Alentejo, nomeadamente o turismo referindo “o vinho é um produto que mexe com a sensação das pessoas, mexe com o lugar onde o estamos a beber, mexe com o lugar da produção “ acrescentando “há aqui uma relação emocional com o local de produção do vinho, logo não há melhor do que vir ao local onde o vinho é produzido e estão as vinhas.”

 “Acho que o Enoturismo é uma âncora para o desenvolvimento regional” adiantou ainda considerando que o Alentejo tem “excelentes Enoturismos.”

 Só na Rota dos Vinhos são 75 os Enoturismos existentes, estruturas com qualidade como descreve o responsável, umas mais dinâmicas que outras “mas estão cá e temos que os aproveitar da melhor maneira.”

 “Temos, acima de tudo, de fazer com que as pessoas venham ao Alentejo” concluiu o presidente da CVRA.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31