26 Jun. 2022
 
De novo às 6
18:00-20:00

“O Papa João Paulo II fez aquela cruz e enviou-a aos jovens para que fossem pelo mundo todo e se tornassem anunciadores desta boa-nova, que é Jesus Cristo”, diz Padre Luís Filipe Fernandes (c/som e fotos)

Regional 07 Jan. 2022

A diocese de Évora está a acolher durante o mês de janeiro a peregrinação dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Este é um tempo de oração e encontro com a cruz peregrina e o ícone maria.

É à procura de encontros reais e de descobrir a novidade do serviço em Cristo, que os jovens portugueses estão a acolher a cruz e o ícone da Jornada Mundial da Juventude em peregrinação nacional.

No dia de ontem, 6 de janeiro, os símbolos da JMJ estiveram em Alandroal, nomeadamente na Igreja Matriz, onde decorreu pelas 20h00 a Vigília de Oração orientada pelos jovens, tendo sido entregues, pelas 21h00, os símbolos ao concelho de Vila Viçosa.

A Rádio Campanário esteve presente na cerimónia de encerramento, que foi presidida pelo Senhor Padre Luís Filipe Fernandes, pároco da paroquia de São Bartolomeu em Vila Viçosa, da Congregação dos Missionários do Preciosíssimo Sangue.

Este momento de espiritualidade entre os jovens e todos os fiéis, na impossibilidade do Senhor Padre da Paróquia de Alandroal, Marcelino Caldeira por motivos de saúde.

Em declarações à Rádio Campanário, o Padre refere que os “símbolos ajudam os jovens a compreenderem que Cristo tem de estar no coração”.

O pároco da paroquia de São Bartolomeu em Vila Viçosa explica que “O Papa João Paulo II fez aquela cruz e enviou-a aos jovens para que fossem pelo mundo todo e se tornassem anunciadores desta boa-nova, que é Jesus Cristo”, acrescentando que “é por isso que estes dois símbolos da igreja andam agora também a percorrer todo o Portugal. Já foram para África, Espanha, e agora vão percorrer Portugal para motivar a juventude para a participação na Jornada Mundial da Juventude em Lisboa”.

A preparação dos jovens, segundo Senhor Padre Luís Filipe Fernandes, torna-se fundamental pois “vão dar um testemunho daquilo que é a alegria que têm na sua vida, de terem Cristo e de serem jovens cristãos”, adiantando que para isso “têm de se preparar através da reflexão”.

O pároco da paroquia de São Bartolomeu cita Papa Francisco, que deu o exemplo da atitude de Maria, “levantou-se, foi apressadamente para a montanha ao encontro da sua prima Isabel para transmitir a alegria que era ter o seu filho Jesus consigo”.

Assim sendo, “os jovens são também convidados a compreenderem que têm Cristo consigo, não podem guardá-lo para si, têm que sentir esta alegria de o partilhar e levar aos outros”.

O Padre confessa ainda que “os jovens hoje têm sede de Deus, ainda não perceberam talvez é onde é que devem ir beber para se sentirem verdadeiramente ceceados”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30