09 Dez. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Ordem dos Advogados diz que requisição do Zmar pode pôr em causa Direitos Humanos

Regional 01 maio 2021

Numa nota de imprensa enviada à Rádio Campanário este sábado, a Ordem dos Advogados anuncia que o Bastonário Luís Menezes Leitão vai solicitar a intervenção da Comissão de Direitos Humanos.

Na referida nota pode ler-se "Perante as notícias vindas a público de que o despacho 4931-B/2021, de 29 de Abril, que determina "a requisição temporária, por motivos de urgência e de interesse público e nacional, da totalidade dos imóveis e dos direitos a eles inerentes que compõem o empreendimento «ZMar Eco Experience», sito na Herdade A-de-Mateus, em Longueira-Almograve, Odemira” pode envolver casas de habitação própria e até de primeira habitação, entendeu o Bastonário da Ordem dos Advogados (OA), Luís Menezes Leitão,  solicitar a intervenção da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados (CDHOA) neste assunto."

No mesmo documento pode ainda ler-se "Efectivamente, considera o Bastonário que a requisição, ainda que temporária, de casas de habitação, obrigando à sua desocupação pelos proprietários para permitir a sua ocupação por terceiros, que nessas casas cumprirão períodos de confinamento e isolamento profiláctico determinado pelas autoridades de saúde, pode constituir uma lesão de direitos humanos, que deve por isso ser objecto de apreciação pela Comissão de Direitos Humanos da Ordem. "

No mesmo documento é ainda referido "importa recordar que, a partir do momento em que é levantado o estado de emergência, e por isso deixaram de estar suspensos os direitos, liberdades e garantias dos cidadãos, têm os mesmos direito a ser protegidos contra intervenções arbitrárias do Estado na sua propriedade e no seu domicílio familiar." 


 


 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30