16 Out. 2021
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63

Alentejo

“Os dados do Alentejo, neste momento, não são mais que uma fotografia, não são garantia de que não haja uma situação amanhã” afirma Jorge Seguro Sanches (c/som)

Regional 11 Jun. 2020

Jorge Seguro Sanches, Secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional e Autoridade de Coordenação da Situação de Calamidade na região do Alentejo, apresentou na manhã de terça-feira os dados da COVID-19 na região, onde a RC esteve presente.

Seguro Sanches referiu a forma como se têm processado os testes no Alentejo, sobre a chegada de turistas à região e os cuidados e a incerteza que se vive, não havendo garantias de que os números não venham a sofrer grandes mudanças.

 “No Alentejo temos apostado muito mais em testar os idosos e as pessoas que se relacionam com os idosos”, afirma.

Sobre o turismo na região, explica que “começou no Alentejo, pelo presidente do turismo do Alentejo, a ideia e a campanha de darmos uma certificação de segurança ao turismo da região e acho que isso teve um grande sucesso e estes números indicam-no, indicam que o Alentejo se afirmou pelos indicadores de saúde e também porque foi capaz de provar e mostrar a quem o procura que há muito boas condições de isolamento social e condições de higienização e acho que isso é uma garantia muito grande”.

O Secretário de Estado recorda que o momento que se vive no Alentejo “não é mais que uma fotografia, não é garantia de que não haja uma situação amanhã”.

Seguro Sanches referiu que foram realizados 23 mil testes no Alentejo, como noticiou a RC, mas “a importância que estes testes tiveram, nomeadamente, ao nível dos lares, é que eles permitem-nos chegar a uma conclusão importante: a partir desse momento sabemos que temos de manter todas as questões de segurança para que aquela fotografia se mantenha intacta e não seja degradada pelos vírus que possam entrar”.

É ainda enaltecido o trabalhos das IPSS, com quem se tem reunido de forma periódica, e onde se tem focado “em garantir a segurança dos utentes que lá estão para que se possam manter seguros e, portanto, depois da testagem foi garantido de que há uma inviolabilidade dos seus utentes para que não possam ser afetados pelos vírus”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31