07 Dez. 2022
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Vila Vicosa

“Pela sua história importância histórica era para nós fundamental ter o Festival em Vila Viçosa “Tiago Sigorelho da Plataforma Gerador (c/som)

Regional Escrito por  08 Abr. 2022

O festival “Descobre o Teu Interior” percorre, entre os dias 31 de março e 24 de abril, 7 territórios do interior do país. Ao longo desta viagem existe a possibilidade de viver experiências culturais únicas e intimamente ligadas à identidade de cada território.
Beja, Viana do Alentejo, Montemor-o-Novo, Vila Viçosa, Constância, Pombal, Mesão Frio e Mêda são os oito territórios ligados por este festival itinerante.
Hoje e amanhã, o festival, organizado pela plataforma independente Gerador decorre em Vila Viçosa.
A Rádio campanário acompanhou a primeira iniciativa integrada neste festival e falou com Tiago Sigorelho, Presidente da Plataforma responsável pela organização que começou por nos referir “o Gerador tem, desde o início da sua missão, pensar no interior do país e nos territórios de baixa densidade populacional e nós sentimos que não há tempo suficiente de discussão sobre o interior.”
O responsável adianta ainda “importa-nos criar momentos que sejam importantes de discussão e de reflexão e de experimentação do que é o interior do país e por isso decidimos criar este festival.” 
Tiago Sigorelho sublinha igualmente “este ano assumimos esta desafio louco de fazer o festival de Forma itinerante, percorrendo um conjunto de locais e o que nós pretendemos é destacar a essência desses territórios, o melhor que eles têm para oferecer, destacando entre outras vertentes, a cultura gastronómica.”
Questionado o porquê da escolha de Vila Viçosa, Tiago Sigorelho adiantou “Vila Viçosa é , sem dúvida, no contexto do interior, uma referência devido á sua importância histórica.”
O Organizador sublinha ainda “nós tentámos sempre um conjunto significativo de concelhos e de municípios, alguns já descobriram que este festival pode ser interessante para eles próprios, outros nem tanto.”
No caso de Vila Viçosa o organizador sublinha “tivemos a sorte de falar com o Município de Vila Viçosa e de eles perceberem que isto pode ser também relevante para as suas próprias reflexões e até para a sua promoção.”
“Para nós Vila Viçosa era fundamental fazer parte deste território e achamos que todos os anos iremos contar com Vila Viçosa neste festival” adiantou Tiago Sigorelho.
Relativamente à adesão de participante no festival em Vila Viçosa o organizador salienta “este não é um festival de massas ainda assim temos uma boa adesão” explicando que a maioria das iniciativas “foram pensadas até um máximo de 80 pessoas exatamente para elas terem um contacto direto com os protagonistas, com os intervenientes e poderem intervir.”
A nossa lógica refere “será sempre pouca gente e muita proximidade.” Garantida está já a edição de 2023 deste festival referindo “temos que trabalhar mais tempo com cada município, pois há ainda muito trabalho para fazer, para que em Abril do próximo ano tenhamos um festival mais forte e mais rico.”
O responsável pela organização deixa ainda o apelo á população para participar nas iniciativas. Ainda para a noite de hoje está marcado um concerto na igreja do Museu de Arte Sacra, com Afonso Cabral, em Vila Viçosa.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31