Portugal terá "para lá dos quatro mil" contágios, diz Marta Temido

Regional 05 Jul. 2021

A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou esta segunda-feira, que, se o aumento das infeções por covid-19 se mantiver "neste ritmo", Portugal deverá registar o dobro do número de casos diários de Covid-19, já nos próximos 15 dias. 


Marta Temido em entrevista, informou que, se o atual situação crescente não se inverter, estima-se que "em meados de julho" sejam registados diariamente "para lá dos quatro mil" contágios, com cerca de 800 internamentos, ao todo, nas enfermarias e mais de 150 hospitalizações em Unidades de Cuidados Intensivos. 

Sobre Portugal estar na "zona vermelha" da covid-19, Marta Temido sublinhou que, neste momento, "há maior risco para todos nós".

"Se não tomarmos todos as medidas necessárias as individuais mas também do sistema - vacinação e testagem -, corremos o risco de não conseguir parar a evolução da transmissão da doença", alertou. 

Assim, "a melhor aposta que temos é a vacinação", justificando o processo de aceleração da vacinação contra a Covid-19 em Portugal. 

Relativamente a um possível novo confinamento, a ministra da Saúde admitiu que não haverá confinamento no país devido ao aumento de casos de Covid-19, considerando que o Governo não tem à sua disposição um "quadro legal" que o permita. Marta Temido adiantou ainda que "no final do mês de agosto" deverá começar a vacinação dos menores de 18 anos e que em meados de setembro prevê-se que 70% da população já esteja completamente vacinada.

In NM

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31