Imprimir esta página

COVID19

Presidente da República admite que período de confinamento possa durar até março

Regional 15 Jan. 2021

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, admitiu hoje que o período de confinamento atualmente em vigor em Portugal possa estender-se até ao mês de março, alertando para a importância de achatar a curva de contágios.

De acordo com a informação avançada pelo Dinheiro Vivo, segundo o Presidente da República, o que importa neste confinamento "é achatar a curva, inverter a tendência e fazê-lo o mais rapidamente possível, isto é, limitar o período que estamos a viver ao mês de janeiro e porventura ao mês de fevereiro, ao primeiro trimestre deste ano, e não deixarmos deslizar para o segundo trimestre do ano", disse .

O Presidente da República acrescentou: "Deslizar significa prolongar e aprofundar a crise económica e social, que também vai deslizando, o que significa depois que é mais difícil o controlo tardio dos acontecimentos".

"Este confinamento é diferente do anterior, em março foi mais rigoroso, mais drástico, mais dramático, pelo inesperado, pelo improviso e pelo choque que foi para os portugueses, que hoje sabem mais acerca da pandemia, estão mais conscientes e percebem o que importa fazer neste confinamento", referiu.

Para o Presidente, "a vacinação avança mais lentamente que a pandemia", por isso é preciso "controlar a pandemia para dar tempo à vacinação para recuperar este desfasamento".