25 Out. 2021
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

Prisão preventiva para homem que atropelou e agrediu 'ex' em Elvas

Regional 05 maio 2021

O homem de 48 anos, que na passada sexta-feira atropelou e agrediu a sua ex-companheira num bairro de Elvas, ficou em prisão preventiva, após ter sido ouvido no Tribunal de Instrução Criminal desta localidade, avança o Correio da Manhã.

Tudo aconteceu na passada sexta-feira, este homem colocou-se em fuga e só na segunda-feira foi detido por elementos da PSP de Elvas. Em causa, estarão os crimes de violência doméstica agravada e de posse de arma proibida, o que foi suficiente para que o juiz colocasse este homem na prisão de Castelo Branco.

Pedro Bugio, advogado do arguido, revelou à saída do Tribunal que agora "a defesa irá concentrar-se nas provas que tem para apresentar e que são apenas do conhecimento do arguido e do seu advogado". 

Recorde-se, que como da Rádio Campanário notíciou ontem, após três dias consecutivos de buscas, a Divisão Policial de Elvas logrou finalmente intercetar e deter o homem que, na passada sexta, dia 30 de abril, ao final da tarde, numa das artérias daquela mesma cidade, terá atropelado e agredido a sua ex-companheira, colocando-se, de imediato, em fuga para parte incerta.

Em nota enviada à nota redação, a PSP informa que após notícia, recebida por volta das 22:00 horas do citado dia 30 de abril, de que uma mulher havia sido alvo de atropelamento e agressões, quando caminhava com os seus dois filhos menores pela rua, os meios policiais foram imediatamente acionados para o local.

Aí chegados, apuraram que se tratava de mais um caso de violência doméstica, uma vez que o suspeito das agressões – um homem de 48 anos de idade, natural de e residente em Elvas, que se havia, entretanto, colocado em fuga e deixado a vítima prostrada no solo – era o seu ex-companheiro e pai das duas crianças menores que a acompanhavam.

Depois de acionados os meios de emergência médica e transportada a vítima e os seus dois filhos para o Hospital de Santa Luzia, em Elvas, onde recebeu tratamento, desenvolveram-se não só as necessárias ações de recolha de prova, como se montou, de imediato, um forte dispositivo de busca para tentar localizar e deter o suspeito, o que veio finalmente a acontecer no dia 3 de maio, pelas 15:00 horas, numa das artérias daquela cidade.

Resultante de diligências efetuadas após a sua detenção, foi possível apreender ao suspeito os vários artigos de armamento que se encontravam na sua residência.  O detido, que não possui qualquer licença para uso e porte de arma.

Com www.correiodamanha.pt

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31