Odemira

Prisão preventiva para suspeito de incêndio em clube de canoagem de Odemira!

Regional 12 Out. 2021

O Tribunal de Odemira decretou a prisão preventiva do homem, de 35 anos, indicado pela prática de crime de incêndio ilícito que destruiu, no sábado, o edifício de um clube de canoagem local.

Conforme notícia avançada pelo Notícias ao Minuto, fontes da Polícia Judiciária (PJ) indicaram que o suspeito, de nacionalidade estrangeira, foi encaminhado para o Estabelecimento Prisional de Beja, após ter sido presente, na segunda-feira, ao Tribunal Judicial de Odemira para primeiro interrogatório judicial onde lhe foi atribuída a medida de coação mais gravosa.

Recorde-se que, tal como a Rádio Campanário já tinha noticiado, no dia 9 de outubro, a Polícia Judiciária deteve o suspeito, um homem de 35 anos, de ser o autor do incêndio que destruiu as instalações, diversos barcos e equipamentos do Clube Fluvial Odemirense, na margem esquerda do rio Mira, em Odemira.

 

Os factos remontam ao incêndio que destruiu de madrugada, por completo, as instalações do Clube Fluvial Odemirense, situadas junto ao Rio Mira, em Odemira. Recorde que "o alerta foi dado às 5h27, e quando chegámos ao local já o edifício estava todo tomado pelas chamas. Ficou tudo destruído, desde as embarcações, os acessórios de navegação e os equipamentos de ginásio" explicou Luís Oliveira, comandante dos Bombeiros de Odemira.

Os prejuízos para este clube rondam os 200 mil euros.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31