06 Fev. 2023
Nuno Rocha
À mesa com a RC
13:00-14:00

Alentejo

Produtores do Alentejo estão a pagar mais pela uva devido a Programa de Sustentibilidade!

Regional Escrito por  27 Nov. 2022

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo está a levar os produtores do Alentejo pelo preço que pagam pelo quilo de uvas aos seus fornecedores.

Apesar de não ser um objetivo do programa, os produtores pretendem sobretudo  garantir que têm uvas de qualidade e produzidas segundo as melhores práticas.

O Programa que tem hoje 11 produtores certificados, arrancou em 2013, e tem a previsão de aumentar o número de operadores certificados. De acordo com a informação avançada pelo Jornal Público, a Adega Cooperativa de Borba, c “já pagou mais 10 por cento pelas uvas a quem estava validado no PSVA validado”.

Borba está ainda em destaque porque, segundo avança a mesma fonte, será a primeira grande casa alentejana a conseguir certificar no PSVA toda a cadeia de produto.

Outro dos produtores que está a majorar o preço da uva é a a Casa Relvas, que  está a pagar mais 2,5 por cento. Neste caso, e com quatro fornecedores, a empresa majorou “em 2,5 por cento as uvas inscritas no plano”.

A Comissão Vitivinícola da Região Alentejana já se pronunciou, através do responsável pelo Programa, João Barroso, que referiu "já há vários  produtores que estão a valorizar as uvas que cumprem as regras do PSVA, “são vários” e que, com isso, “estão todos a ganhar mais um bocadinho”.

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, organismo que controla, protege e certifica os vinhos do Alentejo, tendo como parceiro principal a Universidade de Évora, decidiu desenvolver o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), para tornar o Alentejo uma região sustentável na produção de uva e vinho.

Este Programa, iniciado em 2013, pioneiro em Portugal, gratuito e de adesão voluntária, tem como objetivo proporcionar aos membros do Programa de Sustentabilidade uma ferramenta que lhes permita avaliar a forma como desenvolvem atualmente as suas atividades e oferecer recomendações para através de melhores práticas aumentar a competitividade e a sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo. O desafio que se coloca é o de produzir uvas e vinho de qualidade e de forma economicamente viável, ao mesmo tempo que se protege o meio ambiente, melhorando as relações com os colaboradores e vizinhos. 

O Programa segue uma metodologia clássica de melhoria contínua de um sistema estando organizado em 3 sectores distintos (Viticultura; Adega; Viticultura & Adega). Esta distinção entre sectores prende-se com a tipologia de membros presentes no universo da CVRA. 

Leia a notícia completa em Público

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28