Imprimir esta página

Aljustrel

Projeto Final de Execução da Variante de Aljustrel entregue na Câmara Municipal e na Infraestruturas de Portugal

Regional 15 Set. 2021

Foi entregue ontem, terça-feira, dia 14, no Município de Aljustrel e na Infraestruturas de Portugal, o Projeto Final de Execução da Variante de Aljustrel, que permitirá avançar, após a homologação, para a construção da obra.

Recorde-se que anteriormente já tinha sido aprovado, pela Infraestruturas de Portugal, o Estudo Preliminar da Variante de Aljustrel, sendo que a mesma já se encontra inscrita no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) do Governo, tendo assim garantia de financiamento.

Em nota de imprensa enviada à nossa redação, o  Município de Aljustrel considera que este é um passo decisivo e determinante e espera, agora, que seja possível lançar o concurso para a realização da empreitada até ao final deste ano.

Amanhã, quinta-feira, dia 16, será ainda entregue na Câmara Municipal de Aljustrel, bem como na Agência Portuguesa do Ambiente (APA), pela empresa RPlanning, o pedido de dispensa para Avaliação de Impacto Ambiental.

Esta infraestrutura determinante para o desenvolvimento do concelho, há anos reivindicada por esta autarquia e pela população, inclui-se no âmbito das acessibilidades rodoviárias acopladas a áreas empresariais, considerando-se que esta variante será determinante para melhorar o acesso à Zona de Extração Mineira e à Área de Localização Empresarial.

A Variante de Aljustrel ligará a ER 261 à EN2, passando pela EN 383, com uma extensão total de cerca de 4436 metros. A sua construção permitirá desviar para fora da vila o trânsito de veículos pesados, muito em particular os que transportam matérias perigosas.

Este projeto final agora entregue contempla as especialidades do traçado, drenagem, pavimentação, obras acessórias, sinalização e segurança e obras de arte integradas. Está ainda feito um projeto de iluminação e o já referido estudo de ambiente que será apresentado à APA.

A Variante de Aljustrel vai permitir um melhor ordenamento do perímetro urbano da localidade, mas também vai ser crucial para o desenvolvimento das atividades económicas, proporcionando melhores acessos rodoviários às muitas empresas que já se instalaram ou que aqui pretendam fixar-se. E permitirá ainda uma maior segurança à população, nomeadamente no que diz respeito à mobilidade dentro da vila.