08 Mar. 2021
 
3 p’rás 5
15:00-17:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Reguengos de Monsaraz

PSD de R. de Monsaraz “condena vacinação do autarca , por não se enquadrar nos parâmetros da DGS como  prioritários”

Regional 23 Jan. 2021

A Comissão Política do PSD de Reguengos de Monsaraz fez chegar à nossa redação uma nota a propósito da informação de José Calixto ter sido já vacinado contra a covid 19, condenando condena vacinação do autarca de Reguengos,  por não se enquadrar nos parâmetros considerados pela DGS como  prioritários.

Leia aqui a nota, na íntegra:

A partir de uma fotografia publicada na rede social facebook, a generalidade dos órgãos de  comunicação social veicula notícias relacionadas com a vacinação contra a Covid 19 do  Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, enquanto Presidente da  Comissão Administrativa da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva. 

O Sr. Coordenador do Plano de Vacinação, Dr. Francisco Ramos, confirma a ilegitimidade do  ato cometido pelo autarca de Reguengos. 

As autoridades de saúde são igualmente unânimes em afirmarem que as pessoas a vacinar são  indicadas em lista elaborada pela IPSS; 

A vereadora do PSD na Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, Marta Prates, na sua  conta pessoal no facebook, já se pronunciou quanto ao caso.  

Cabe agora à Comissão Política do PSD de Reguengos de Monsaraz tomar a sua POSIÇÃO  OFICIAL quanto ao acontecido: 

Consideramos que: 

1. Trata-se de uma questão humanitária que não se enquadra no âmbito político partidário, contudo, o PSD de Reguengos de Monsaraz não pode deixar de condenar a  vacinação do Sr. Presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz contra a covid 19,  dado não se enquadrar em nenhum dos parâmetros considerados pela DGS como  prioritários e, sobretudo, por consubstanciar uma grande injustiça para os  profissionais de saúde, prestadores de cuidados diretos a utentes de Lares, bombeiros  e doentes de risco que, até à data, não foram vacinados; 

2. Com esta vacinação indevida, abriu-se um precedente gravíssimo que adultera o  critério de prioridades estabelecido pela DGS para a toda a população; 

3. Com esta atitude infeliz e irresponsável, o Presidente da Câmara de Reguengos de  Monsaraz, perde autoridade moral para fazer cumprir as diretivas da Direção Geral de  Saúde no nosso concelho;

4. É urgente vacinar os Bombeiros deste país. É urgente vacinar todos os profissionais de  saúde e prestadores de cuidados diretos a utentes de Lares. É urgente vacinar todos os  doentes de risco; 

5. São os mais expostos e os mais vulneráveis que o Estado deve proteger,  urgentemente, nesta guerra que travamos diariamente contra a doença; 

6. O episódio da vacinação indevida e extemporânea do Sr. Presidente da Câmara de  Reguengos de Monsaraz, apesar de infeliz e de prejudicar a imagem no nosso  concelho, não nos deve desfocar do que é importante: protegermo-nos e protegermos  os outros. CUMPRIR TODAS AS INSTRUÇÕES DA DIREÇÃO GERAL DE SAÚDE, DO  MINISTÉRIO DA SAÚDE E DAS RESTANTES AUTORIDADES; 

Reguengos de Monsaraz, 22 de janeiro de 2021  

A Comissão Política do PSD de Reguengos de Monsaraz”



 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Março 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31