×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 64
Imprimir esta página

Secretária de Estado das Comunidades garante que não há entraves à vinda dos emigrantes

Regional 15 Jul. 2020

A secretária de Estado das Comunidades, Berta Nunes, garantiu durante um debate com representantes das comunidades portuguesas, que as fronteiras terrestres e aéreas estão abertas e não há entraves à entrada e saída de Portugal.

No decorrer da conferência digital “Portugal Seguro – Férias dos Tempos de Pandemia”, organizado pelo grupo parlamentar do PS, Berta Nunes afirmou que “Portugal é um país seguro” e que, além dos casos identificados em 19 freguesias na Grande Lisboa, “o restante país tem poucos casos”.

A governante começou por esclarecer que Portugal tem as fronteiras terrestres e aéreas abertas: “Onde estão as principais comunidades – Alemanha, Suíça, França, Luxemburgo, não há qualquer problema em vir e voltar, exceção para a situação do Reino Unido, que temos esperança que se venha a alterar”, disse.

Para Berta Nunes, a atual “nova normalidade” não deve impedir a circulação, “nem deve impedir a Europa de abrir o mercado interno”.

“Não acreditamos em fecho de fronteiras, porque isso não vai resolver a situação. Não podemos ter as fronteiras fechadas, porque isso vai trazer outros problemas, que também matam, como a pobreza”, disse.

Berta Nunes considerou que não será a fechar as fronteiras que se vai resolver o problema, mas sim através das “medidas de vigilância, controlo quando as pessoas estiverem infetadas, a transparência, os testes”, medidas que estão a ser tomadas, “além da sensibilização das pessoas”.

“As nossas fronteiras estão abertas, mas há regras em Portugal que têm de ser cumpridas”, acrescentou.

FONTE: AGÊNCIA LUSA