×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Sete equipas de "Portadores de Arte" dinamizam concelho de Évora

Regional 14 Jun. 2021

Portadores de Arte é um projecto de mediação artística e de comunidade co-organizado pela Câmara Municipal de Évora e Capote – Associação Cultural, vocacionado para as diferentes freguesias do concelho de Évora.

Propõe ir ao encontro da comunidade, do território e da sua identidade, e através da prática artística e cultural, numa abordagem criativa e colaborativa, promover a participação e o acesso à arte de forma equitativa, inclusiva e regular, contribuindo para a revitalização do território e bem-estar das pessoas, neste tempo singular que enfrentamos, estimulando as suas expectativas e tornando-os em agentes criadores das suas próprias estórias, conforme comunidado de imprensa enviado à nossa redação.

O projecto arrancou com o lançamento da Bolsa de Mediação Artística em Março deste ano, dirigida à comunidade criativa e artística do Concelho de Évora, onde foram seleccionados 23 Portadores de Arte, entre mais de 60 inscritos.

Nesta fase inicial, que decorre entre Junho e Agosto, o projecto desenvolve-se em simultâneo, em seis freguesias - Bacelo e Senhora da Saúde, Canaviais, Nossa Senhora da Graça do Divor, São Sebastião da Giesteira e Boa-Fé, Nossa Senhora da Tourega e Nossa Senhora de Guadalupe e São Miguel de Machede.

De momento, estão sete equipas de Portadores das diversas áreas criativas e artística em contacto com os diferentes territórios, agentes e entidades, num processo de auscultação e convivência, a ouvir e a recolher estórias, memórias e saberes, a identificar necessidades e vontades, e a criar estratégias de respostas através da prática artística.

Durante este período, serão desenvolvidos projectos e dinâmicas regulares com oficinas e intervenções artísticas nas seis freguesias onde, através de processos criativos e participativos, envolvendo activamente as comunidades, serão explorados e cruzados diversos temas do contexto artístico, cultural, social e ambiental através do teatro, dança, música, artes visuais, ofícios, saberes e tradições.

A primeira Oficina Criativa arrancou a 12 de Junho na Freguesia do Bacelo com a Oficina de Desenho e Pintura, com novas datas a 19 e 26 de Junho (das 16h às 20h), segue-se São Miguel de Machede também a 19 e 26 de Junho com a Oficina de Estórias e Barro (das 10h às 12h30 e 15h às 18h) e um Encontro de Música, Teatro e Artes Visuais na Freguesia de Guadalupe a 26 de Junho (as 17h30).

Toda a informação sobre o desenvolvimento do projecto e actividades, estará em constante actualização nas páginas oficiais.

As práticas colaborativas nascem do e no encontro, da e na diferença, da e na pluralidade - matéria prima da diversidade, e neste projecto “Co-laborar” é inventar e transformar, a cada momento, formas de “fazer com” o outro.

É fundamental encurtar distâncias, criar pontes entre localidades, gerações e culturas, promovendo a proximidade, descentralização e intercâmbio cultural, com uma visão colectiva de futuro e de continuidade.

A força deste projecto está no potencial de cada um, enquanto portador do imaginário e da criatividade, e do território enquanto lugar vivo e agregador de memórias e comunidades.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31