Imprimir esta página

Alentejo

Toy já não aceita trabalhar de borla para a televisão, e exige ser pago."Por amor de Deus, paguem-me alguma coisa"

Regional 26 Nov. 2020

Com quase todos os espetáculos cancelados devido à pandemia, Toy tem agarrado todas as oportunidades que aparecem. O artista tem  em aparecido com alguma regularidade nos programas da manhã e da tarde. No entanto, se antes aceitava estar na televisão de borla, agora exige ser pago.

Em entrevista à TVGuia o músico diz "Sempre estive disponível, fui sempre uma pessoa normal. O facto de não ter tiques de vedeta foi vantajoso, porque as pessoas estão à vontade comigo e eu também estou à vontade para lhes dizer que, se fazia coisas gratuitamente, agora não tenho trabalho. Por isso, por amor de Deus, paguem-me alguma coisa, pelo menos as despesas",