25 Mar. 2023
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
00:00-04:00

Vila Vicosa

"Um empresário quer 50 trabalhadores para trabalhar e não há, é uma situação que temos de resolver", afirma Inácio Esperança, Presidente da Câmara de V. Viçosa (c/ som)

"Um empresário quer 50 trabalhadores para trabalhar e não há, é uma situação que temos de resolver", afirma Inácio Esperança, Presidente da Câmara de V. Viçosa (c/ som) Foto: Rádio Campanário
Regional Escrito por  Edgar Correia (Texto) / Ana Rocha (Foto) 03 Set. 2022

A Rádio Campanário esteve presente, na manhã de hoje, no Hotel Solar dos Mascarenhas, em Vila Viçosa, para acompanhar o encontro de empresários promovido pelo Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS 4G) "Motor Social". Quem também esteve presente foi o Presidente da Câmara, Dr. Inácio Esperança, que aos microfones da Campanário revelou estar atento e preocupado com a falta de pessoas para trabalhar no seu concelho.

 

Em territórios de baixa densidade populacional e desertificantes como é o caso de muitas zonas do Alentejo e, concretamente, de Vila Viçosa, adensam-se problemas como a falta de pessoas para dar resposta às necessidades das empresas da região. Esta foi uma das preocupações manifestadas por Inácio Esperança que, para diminuir este flagelo, disse que a autarquia "vai investir" na reabilitação de habitações para "arrendamento acessível". O autarca refere que "não há casas para arrendar em Vila Viçosa" à semelhança, aliás, daquilo que se passa também nos concelhos vizinhos. "Há programas nacionais que apoiam a construção de habitação com renda acessível e é por esse caminho que vamos e é também a nossa forma de ajudar", garante Inácio Esperança. 

A título de exemplo, o presidente do município calipolense lamentou que um empresário, também presente neste encontro, lhe tenha confessado a dificuldade de querer contratar 50 trabalhadores e não conseguir. 

Só pessoas vindas de fora do concelho ajudam a mitigar este problema

 Questionado sobre qual seria a solução que Inácio Esperança vislumbra para colmatar a falta de mão de obra no seu concelho, o presidente da autarquia não tem dúvidas de que passa por atrair pessoas vindas de concelhos vizinhos ou de outros pontos do país. "Temos de ir buscar aos concelhos vizinhos, temos essa capacidade de atração", concluiu.

Inácio Esperança, que falava durante o encontro de empresários promovido pelo MotorSocial, reforçou a ideia de que, deste encontro, sairam informações muito relevantes como medidas de apoio à contratação que podem ajudar a fixar os profissionais nesta região. 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Março 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31