08 Fev. 2023
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Evora

Universidade de Évora lidera trabalho no âmbito do Horizonte Europa NaturaConnect!

Regional Escrito por  Nota de Imprensa 11 Nov. 2022

Lançado ontem, dia 10 de novembro, o consórcio NaturaConnect, que reúne em Portugal a Cátedra “Rui Nabeiro” Biodiversidade, da Universidade de Évora, a associação Biopolis, e o CIBIO - Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos, da Universidade do Porto, pretende ajudar os governos da União Europeia (UE) a desenvolver uma rede natural “resiliente e bem interligada”, que contribua para a conservação da biodiversidade.

 

Alinhado com Estratégia Europeia para a Biodiversidade 2030, que estipula que os Estados-Membros da União Europeia se devem comprometer a proteger legalmente e de forma rigorosa um mínimo de 30% da área terrestre e marítima da UE e pelo menos um terço dessas áreas protegidas, o NaturaConnect financiado pelo Programa de Investigação e Inovação Horizonte Europa, da Comissão Europeia, visa identificar as áreas a proteger e assim contribuir para a preservação da sua biodiversidade.

No sentido de ajudar a União Europeia e os seus Estados-Membros a gerir eficazmente as áreas de conservação e a restaurar o capital natural da Europa, assumindo assim um papel de liderança no quadro da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) pós-2020, o NaturaConnect propôs-se a desenvolver uma Rede Transeuropeia de Natureza (RTE-N) ecologicamente representativa e resiliente, que ligue as áreas protegidas e infraestruturas verdes e azuis, através de corredores ecológicos que promovam a adaptação às alterações climáticas e proporcionem uma vasta gama de benefícios para a biodiversidade e para as pessoas.

Coordenada pelo Prof. Miguel Araújo, a Cátedra de Investigação em Biodiversidade da Universidade de Évora liderará um estudo de caso centrado em Portugal e contribuirá com investigação em vários dos pacotes de trabalho do projeto, nomeadamente a modelação das respostas da biodiversidade aos cenários de alterações climáticas e de uso do solo, a definição de corredores ecológicos, e a identificação de novas áreas de alto valor de conservação para proteger e restaurar no Horizonte 2030.

Reunindo financiamento total de cerca de 10 milhões de euros, dos quais 379 766 se destinam à equipa de investigação da Universidade de Évora, integrada por Miguel Araújo, investigador responsável, e por Babak Naimi e Diogo Alagador, este projeto reúne neste consórcio especialistas de 22 instituições parceiras, coordenadas conjuntamente pelo Instituto Internacional de Análise de Sistemas Aplicados (IIASA), o Centro Alemão de Investigação Integrada em Biodiversidade (iDiv) e a Universidade Martin Luther Halle-Wittenberg (MLU), bem como todos os atores necessários para produzir e mobilizar dados e conhecimentos relevantes: Instituições de Ensino Superior, Centros de Investigação, associações, decisores políticos, ONG’

O estudo de caso português irá, ainda, beneficiar da experiência e resultados publicados no âmbito da iniciativa governamental  Estratégia Nacional de Conservação da Natureza e Biodiversidade para 2030.

O NaturaConnect é um projeto financiado pelo Programa de Investigação e Inovação Horizonte Europa, da Comissão Europeia, que pode consultar aqui.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28