Borba

"As instituições têm de trabalhar em rede, partilhando as dificuldades o dia a dia será mais fácil", diz provedor Centro Luís da Silva (c/som e fotos)

Reportagens 14 Fev. 2020

Decorreu esta sexta feira, 14 de fevereiro, a visita do diretor da Segurança Social do distrito de Évora ao concelho de Borba, onde visitou as diferentes instituições de cariz do social.

A visita passou pelo Centro de Apoio a Deficientes Luís da Silva, onde o seu provedor prestou declarações aos nossos microfones.

Aurelino Ramalho começa por referir que “é uma ideia que o centro distrital da Segurança Social de Évora tem, que eu considero importante”.

O provedor considera que “esta visita ao concelho de Borba incluí todas as instituições, o que significa que estamos a aproximarmo-nos uns dos outros”.

“O importante é encontrar soluções mais baratas num país onde existe pouco dinheiro”
Aurelino Ramalho

Aurelino Ramalho refere que “partilhando as dificuldades que cada um tem, acabamos por tornar mais fácil o dia a dia das instituições”, afirmando que “isto é que se deve fazer no país, ou vivemos juntos, em rede e em comunidade ou não vivemos”.

O provedor reforça as suas palavras no âmbito da cooperação, exemplificando que “se existir uma instituição que queira investir em Borba na área da deficiência, só vai gastar dinheiro porque o equipamento já aqui está presente, não fará sentido, temos de trabalhar em rede”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30